Ir para conteúdo

Alta em casos de dengue e chikungunya é tema de reunião extraordinária da Uvebs

Só nos dois primeiros meses deste ano, contágio pelas doenças já alcançou número total de 2020 nas nove cidades da região

Preocupação do colegiado, o crescente avanço nos casos de dengue e chikungunya na região é tema de reunião extraordinária da União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs). A plenária virtual ocorre nesta sexta-feira, dia 16, às 10h30 e deve reunir membros da diretoria e do conselho consultivo da entidade.

O alerta sobre as doenças se acendeu por conta dos números de casos registrados nas secretarias de saúde das nove cidades da região (Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Santos e São Vicente).  Somados, os registros dos dois primeiros meses (janeiro e fevereiro) de 2021, já representam quase o total do ano inteiro de 2020. 

Para se ter uma ideia, no ano passado inteiro foram registrados 8.328 casos, somando todos os nove municípios. Somente em janeiro e fevereiro deste ano, considerando as mesmas cidades, o número já alcançou 8.299.

“Há entendimento de que vivemos uma pandemia de Covid-19, mas as ações de prevenção a outras doenças precisam continuar”, ressaltou o presidente da Uvebs, Roberto Andrade e Silva, o Betinho (PSDB/Praia Grande). “Tanto dengue quanto chikungunya são transmitidos pelo mosquito aedes aegypti e há cuidados simples que podem ajudar a parar a proliferação deste transmissor”.

Durante a plenária virtual, os vereadores contarão com apoio do especialista em saúde,  Carlos Peçanha, biólogo formado pela Unicamp. Ele vai ajudar a traçar estratégias para o combate do mosquito transmissor dessas doenças, bem como tirar dúvidas sobre o contágio, sintomas e consequências das enfermidades.

UVEBS

Criada em 2010 para congregar os vereadores das nove cidades da Baixada Santista — Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Peruíbe, Santos, São Vicente — a União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) representa os 136 vereadores, que atuam pela Região — localizada no Litoral de São Paulo — com mais de 1,8 milhão de habitantes.

O grupo visa fortalecer os municípios de forma metropolitana e trazer soluções a questões comuns às cidades, por meio de interlocução política, inclusive com outros entes dos poderes Estadual e Federal

Categorias

Uncategorized

Christiane Disconsi Ver tudo

Christiane Disconsi é jornalista, cientista política, pós-graduada em Marketing Digital e beer sommelière, certificada pelo Senac. Tem passagem como editora-chefe de jornal impresso e sólida experiência em PR, com destaque para a área política/governamental.

%d blogueiros gostam disto: