Ir para conteúdo

Uvebs visita Câmaras para estreitar laços entre vereadores

Primeira Câmara a receber a comitiva foi Mongaguá

A diretoria da União de Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) iniciou nesta segunda-feira, dia 8, uma série de visitas às Câmara Municipais das nove cidades da Região. A primeira casa legislativa a receber o colegiado foi a de Mongaguá. Ainda esta semana estão previstas idas às cidades de Itanhaém e São Vicente. A ideia é estreitar os laços entre os vereadores da região e apresentar a entidade aos novos parlamentares.

Nesta quarta-feira, dia 10, a agenda da Uvebs será em Peruíbe e na quinta-feira, dia 11, em São Vicente. O grupo participa das sessões ordinárias onde conta com um espaço para expor suas ideias, previamente combinado com o presidente do legislativo em questão.  

O presidente da Uvebs, Roberto Andrade e Silva, o Betinho (PSDB/Praia Grande) destacou a necessidade das visitas. “Houve uma renovação de cerca de 60% de vereadores nas câmaras e por isso é importante passarmos a mensagem da Uvebs aos que estão chegando. Estamos à disposição para colaborar com pleitos que envolvem outros entes, como os governos do Estado e Federal. Sabemos que unidos, temos melhores condições de êxito. Além disso, existem temas de ordem metropolitana, que refletem nas cidades da região e que precisam desse olhar coletivo”, disse.

Betinho destacou a reivindicação pelo amplo funcionamento da maternidade de Mongaguá. “Sabemos que esta é uma questão que envolve o Estado. Além disso, é um tema metropolitano. Portanto, uma causa para a Uvebs”.

Além de Betinho, também integraram a comitiva, a vice-presidente da Uvebs, vereadora Audrey Kleys (Progressistas/Santos), a vereadora Renata Barreiro (PSDB/Bertioga), diretora de Defesa dos Interesses da Mulher e o secretário-executivo Pedro Garofalo.

Vereador pelo quarto mandato e presidente da Câmara de Mongaguá pela terceira vez consecutiva, Baianinho (MDB), reforçou a importância da união entre os parlamentares. “A Câmara de Mongaguá está 100% com a Uvebs, pois sabemos o quanto é importante estarmos alinhados em temas metropolitanos. Faço parte da Uvebs há muito tempo e sempre incentivo novas adesões”.

Baianinho destacou a apresentação da vereadora Audrey Kleys sobre a luta da Uvebs para a manutenção do Fundeb. A mobilização entre as nove cidades rendeu um diagnóstico geral técnico sobre a real situação da educação na Região e um manifesto foi protocolado em Brasília em defesa do recurso. “Ações como esta fazem toda a diferença”.

UVEBS

Criada em 2010 para congregar os vereadores das nove cidades da Baixada Santista — Bertioga, Cubatão, Guarujá, Itanhaém, Mongaguá, Praia Grande, Peruíbe, Santos, São Vicente — a União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) representa os 136 vereadores, que atuam pela Região — localizada no Litoral de São Paulo — com mais de 1,8 milhão de habitantes.

O grupo visa fortalecer os municípios de forma metropolitana e trazer soluções a questões comuns às cidades, por meio de interlocução política, inclusive com outros entes dos poderes Estadual e Federal.

Categorias

Uncategorized

Christiane Disconsi Ver tudo

Christiane Disconsi é jornalista, cientista política, pós-graduada em Marketing Digital e beer sommelière, certificada pelo Senac. Tem passagem como editora-chefe de jornal impresso e sólida experiência em PR, com destaque para a área política/governamental.

%d blogueiros gostam disto: