Ir para conteúdo

Uvebs comemora avanço da Justiça Restaurativa em PG

Grupo de educadoras vai difundir o programa nas escolas de Ensino Fundamental do Município

A União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) comemorou o avanço do programa de Justiça Restaurativa na Região. A iniciativa, modelo de solução de conflitos, por meio da restauração do dano causado, e não da punição, segue suspensa em Santos, porém avança em Praia Grande.

Um grupo de educadoras da cidade foi convidada pela Secretaria de Educação para difundir o programa nas 49 unidades de Ensino Fundamental do Município, realizando ainda os “Círculos de Convivência” ou “Círculos de Paz”, dinâmica que faz parte das ações de solução de conflitos no ambiente escolar. 

Para Pedro Garofalo, presidente da Uvebs em exercício, a expansão do programa é uma prova de sua eficácia. “A Uvebs defende este projeto, pois entende que esta forma de solução de conflitos é extremamente eficaz. Levamos o modelo para as nove cidades da Baixada, porque entendemos que para mudar uma cultura, é preciso expandir o programa. Este embrião em Praia Grande ser um ótimo começo da expansão”, disse. 

Garofalo entende a Justiça Restaurativa como solução para outros ambientes, além do escolar. “Nossa ideia é levar esse tipo de solução para diversos setores, incluindo os condomínios, onde há conflitos entre os vizinhos, buscando a cultura de paz entre os moradores”, finalizou.

Christiane Disconsi Ver tudo

Christiane Disconsi é jornalista, cientista política, pós-graduada em Marketing Digital e beer sommelière, certificada pelo Senac. Tem passagem como editora-chefe de jornal impresso e sólida experiência em PR, com destaque para a área política/governamental.

%d blogueiros gostam disto: