Ir para conteúdo

Uvebs incentiva voos no Aeroporto de Itanhaém

Com estrutura pronta, equipamento registra operação quase zero atualmente

A diretoria da União de Vereadores da Baixada Santista (Uvebs) participou na manhã desta quinta-feira, dia 5, da cerimônia de reinauguração do terminal de passageiros do Aeroporto Antonio Ribeiro Nogueira Júnior, em Itanhaém. Este foi o primeiro investimento na modernização do aeródromo, que pertence ao Governo Estadual e está sob concessão da empresa VoaSP desde 2017.

O local está sendo preparado para receber voos regulares com aviões de grande porte no próximo semestre. A concessionária da instalação confirmou início de tratativas com companhias aéreas de baixo custo para operar comercialmente. Assim, poderá trabalhar também com voos nacionais de passageiros.

“Esta medida será fundamental para o aproveitamento da estrutura deste aeroporto que é muito boa e está pronta. O que precisamos é unir esforços para que comece a operar comercialmente o mais breve possível”, disse o presidente da Uvebs, vereador Roberto Andrade e Silva, o Betinho (MDB-Praia Grande).

Até abril do ano passado, o Aeroporto de Itanhaém, recebia voos da operação offshore, transportando funcionários da Petrobras e terceirizados para as plataformas de Merluza e Mexilhão, na Bacia de Santos. As operações foram transferidas para o Aeroporto Roberto Marinho, em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Hoje, apenas voos executivos e um aeroclube operam no local.

Betinho explica que a Uvebs irá atuar de forma a sustentar a importância do Aeroporto de Itanhaém, para que seja notado como importante equipamento, pelo Governo do Estado. “É notório que o fim dos voos da Petrobras teve impactos negativos no aeroporto, que hoje apresenta movimentação quase zero. Mas, agora é o momento de enxergarmos a importância deste importante equipamento, que está pronto, mas está praticamente parado, e que pode ser muito bem aproveitado para voos comercias regionais de baixo custo, impulsionando a economia e o turismo na Baixada Santista e no Vale do Ribeira”.

TERMINAL

O terminal de passageiros reformado é capaz de receber até 300 passageiros por operação, o que representa a operação simultânea de dois Boeings 737 — com capacidade de 100 passageiros cada — ou até seis aviões de médio a grande porte, ao mesmo tempo.

Com voos partindo do Litoral, a ideia é concentrar viagens internacionais ou a destinos de maior distância em aeroportos maiores, usando o equipamento do Litoral para voos domésticos de curta distância.

PRESENÇAS

Além do presidente da Uvebs, marcaram presença no evento os seguintes membros da diretoria da entidade: Toninho Salgado (Guarujá), Audrey Kleys (Santos), Barreto (São Vicente), Toninho Vieira (Cubatão), Marcinho (Cubatão), Helio Sussumu (Peruíbe), Luciana Castelan (Peruíbe) e Silvinho (Itanhaém), bem como o diretor-executivo da entidade, Pedro Garofalo.

Christiane Disconsi Ver tudo

Christiane Disconsi é jornalista, cientista política, pós-graduada em Marketing Digital e beer sommelière, certificada pelo Senac. Tem passagem como editora-chefe de jornal impresso e sólida experiência em PR, com destaque para a área política/governamental.

%d blogueiros gostam disto: