Ir para conteúdo

Uvebs defende inclusão de prioridades da Região no orçamento do Estado

Presidente do colegiado participou de Audiência para debater o Plano Plurianual (PPA) 2020/2023 e a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020

Saúde, logística e turismo. Os três temas foram defendidos como prioritários pela União dos Vereadores da Baixada Santista (Uvebs), durante audiência para debater o Plano Plurianual (PPA) 2020/2023 e a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2020. O evento organizado pelo governo do Estado foi realizado em Santos, na manhã desta quinta-feira, dia 25, com a finalidade de colher informações sobre as demandas de cada região.

Representando o colegiado, o presidente da Uvebs, Roberto Andrade e Silva, o Betinho (MDB-Praia Grande), citou as três prioridades que devem receber investimentos do governo do Estado nos próximos anos.

Para ele, saúde é a principal demanda, já que há déficit de leitos na Região. “De acordo com os dados que levantamos, faltam cerca de 1 mil vagas em toda a Baixada. Há necessidade de um investimento para a criação de novos leitos, ou a otimização do que já temos”, ressaltou o vereador, que junto com o colegiado realizou levantamento sobre a atual situação da saúde na Região. O documento “Raio-X da Saúde” foi entregue pelos membros da Uvebs ao secretário de Saúde do Estado, José Henrique Germann Ferreira, na última semana.

Betinho também defendeu logística como a segunda prioridade da Baixada Santista. “Além do maior porto da América Latina, nossa Região está prestes a iniciar um novo modal de transporte: o aeroportuário. O funcionamento do Complexo Andaraguá, em Praia Grande, será um divisor de águas não somente para a Baixada Santista, mas para todo o Estado”, comentou o vereador sobre empreendimento que deve gerar mais de 17 mil empregos na Região e modernizar a logística, de forma pioneira.

Por fim, o parlamentar ressaltou o turismo, incentivando a integração entre as cidades. “O turismo é nossa vocação natural e precisa de investimentos, principalmente em iniciativas que incentivem o livre trânsito entre as cidades da Baixada, como o Selo Metropolitano. Isto faria com que o visitante prolongasse sua estadia — pois teria mais o que conhecer — e assim a economia ficaria mais aquecida na Região”, disse.

As demandas apresentadas e registradas serão encaminhadas aos diversos setores de governo, e, posteriormente, publicadas nos portais da Secretaria da Fazenda e Planejamento e da Transparência Estadual.

LOA e PPA A LOA tem como principais objetivos estimar a receita e fixar a programação das despesas para o exercício financeiro. Já o PPA estabelece as diretrizes, objetivos, programas e ações para um período de quatro anos. É o instrumento que orienta as demais leis orçamentárias, dado que nenhuma ação orçamentária pode ocorrer se não estiver prevista no PPA.

Christiane Disconsi Ver tudo

Christiane Disconsi é jornalista, cientista política, pós-graduada em Marketing Digital e beer sommelière, certificada pelo Senac. Tem passagem como editora-chefe de jornal impresso e sólida experiência em PR, com destaque para a área política/governamental.

%d blogueiros gostam disto: